Hoje apetece-me falar dos chapins, de um modo geral!

 

 

A beleza do chapim azul (Cyanistes caeruleus), neste vídeo do Youtube

 

Os chapins são aves lindas que vivem por aqui, em redor do Ventor e que até chegam a meter-se com ele. Um dos meus entretimentos matinais, aqui junto ao miradouro que foi do Quico, para além do meu amigo Tobias, agora mais afastado, dos voos dos patos reais, da visita matinal dos patos mudos, dos pardais, dos pintassilgos, das alvéolas, branca e amarela, do pisco de peito ruivo, tem-me aparecido aqui, nos choupos, entre outros, o meu amigo chapim azul.

 

Uma destas manhãs, notei um pássaro azulado no choupo mas, com o meu amigo Apolo ainda bastante atrasado, havia pouca luz. Fui-me afirmando na imagem do pássaro que saltitava entre os ramos e, qual não foi o meu espanto, ao ver o pássaro fazer o mesmo! Um pouco de costas para mim, pronto para dar de frosques, inclinou a cabeça até conseguir ver-me bem com os dois olhos. Os patos mudos, em baixo, na relva, também me observavam mas eu, perante a atrapalhação do chapim azul, não me meti com eles pois queria observar, mesmo em frente do meu nariz, aquela coisinha linda a que os homens vieram a chamar chapim.

 

 

 

Este é o chapim de cabeça negra

 

O chapim azul, saltou para um galhito do choupo, mais próximo de mim, para me observar melhor e tinha preso no bico um insecto preto, bem grande que me pareceu uma mosca das grandes. Sacudiu o bico à minha frente, se calhar para acabar de matar o insecto e fez mais um gesto antes de voar para o freixo mais ao lado. Mas, antes de partir, pelos gestos daquele meu amigo, pareceu-me ouvi-lo a dizer: "vês, Ventor, do que eu te livrei. Este ficou por minha conta"!

 

 

 

A beleza do Chapim-Real (Parus Major)

 

Os chapins são aves que pertencem à família Paridae (família de aves passeriformes) comum a toda a Europa e Ásia. Eles pertencem à Subordem Passeri, à qual pertencem todas as espécies dos chapins.

 

Os chapins são aves lindas e vistosas que andam por aqui e, tal como estes dois belíssimos rapazolas, o chapim azul e o chapim real, fazem parte das minhas caminhadas, tais como muitos outros pássaros. Todos estes passarinhos precisam de ser ajudados, especialmente na época, Outono-Inverno, quando a alimentação não abunda. As pessoas que têm quintais e jardins deviam pendurar comedouros com alimentos para estes nossos amiguinhos que, podem crer, nos prestam uma boa ajuda à medida que destroem insectos prejudiciais para todos nós.  

 

Eu sou um guarda-rios comum (alcedo atthis) e azul, tal como o Ventor gosta. Caminharei por aqui, neste Planeta Azul e, na companhia do Ventor, se nos deixarem

tags:
publicado por Ventor às 00:43